menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe

TSE boliviano tem seis novos juízes eleitos pelo Congresso do País

Eles têm a responsabilidade de convocar o quanto antes novas eleições para definir presidente e vice-presidente

Agência Brasil

13h59 - 19/12/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Na madrugada desta quinta-feira (19), o Congresso boliviano elegeu os seis novos juízes do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE). Eles têm a responsabilidade de convocar o quanto antes novas eleições para definir presidente e vice-presidente do país.

Os eleitos foram Óscar Hassenteufel, Francisco Vargas Camacho, María Angélica Ruiz Vaca Diez, Rosario Baptista Canedo, Nancy Gutiérrez Salas e Daniel Atahuichi Quispe.

As eleições do dia 20 de outubro foram anuladas após a constatação de graves irregularidades e fraude, indicadas por uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA). No dia 10 de novembro, após ser pressionado pelas Forças Armadas, Evo Morales renunciou e asilou-se no México. Há uma semana está na Argentina, com status de refugiado.

A renovação dos membros do TSE era fundamental para dar credibilidade ao novo processo eleitoral, uma vez que os antigos integrantes estão sob investigação do Ministério Público. Cinco deles estão em prisão preventiva e uma tem paradeiro desconhecido.

Depois que os novos membros forem empossados, o TSE terá 48 horas para anunciar a convocação de novas eleições gerais, a serem realizadas em, no máximo, 120 dias. A Bolívia retornará às urnas para eleger presidente, vice-presidente e legisladores nacionais.

O processo para os cargos do TSE começou no dia 28 de novembro, com a aprovação do Regulamento de Seleção e Eleição de Vogais. Na primeira etapa, 502 candidatos se inscreveram para as vagas. Na segunda etapa, parlamentares tanto de situação quanto de oposição avaliaram os candidatos, sendo que 306 foram habilitados. Na semana passada, entre 10 e 12 de dezembro, foi feita avaliação de méritos e entrevistas com os candidatos.

Em sessão no Congresso nesta madrugada, os parlamentares votaram (voto secreto) e elegeram os seis titulares e os seis suplentes para os cargos de novos membros do TSE. Os suplentes são Carlos Gómez Rojas, Pablo Zuleta Sánchez, Edwin Armata Balcazar, Noemí Uriarte, Yajaira San Martín e Nelly Arista Quispe.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade