menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Valinhos investiga terceira morte suspeita de coronavírus

Vitima estava internada na santa casa da cidade

Band Mais

18h24 - 30/03/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A secretaria de saúde de Valinhos investiga a terceira morte suspeita de coronavírus na, registrada na madrugada desta segunda-feira (30).

A vítima é uma mulher de 61 anos que estava internada desde o último dia 26 de março na Santa Casa.

Ela tinha quadro de doença pulmonar, diabetes e problema cardíacos.

Foi coletado exame e enviado ao Instituto Adolfo Lutz para análise.

A família da vítima está sendo monitorada.

Há ainda dois outros casos de morte suspeita de coronavírus no município. Um homem de 64 anos que estava internado desde a última quinta-feira (25) no Hospital Galileo morreu na manhã de domingo (29). Ele voltou recentemente de viagem à Itália, onde a pandemia atingiu números alarmantes, e a causa da morte foi uma síndrome respiratória aguda grave. A família dele está sendo monitorada.

A Secretaria da Saúde também aguarda resultado de exame de laboratório do Instituto Adolfo Lutz para confirmar ou descartar o coronavírus.

No último sábado, a Saúde anunciou a primeira morte suspeita da doença na cidade. Um homem de 63 anos internado desde quinta-feira na Santa Casa e que tinha histórico de doença cardíaca.

O paciente morava com a esposa, que está em isolamento.

Nesta segunda-feira, a Santa Casa de Valinhos tinha seis suspeitos de coronavírus internados na UTI e nove na enfermaria. O Hospital Galileo tinha oito internados na UTI e dois na enfermaria com suspeita da doença.

Há ainda três casos confirmados da doença em Valinhos, e os três pacientes se recuperaram. Outros 123 suspeitos aguardam resultados de exame e 14 tiveram resposta negativa.

A Secretaria da Saúde orienta que as pessoas fiquem em casa neste momento para reduzir o risco de contágio.

Tendas de apoio ao atendimento

As tendas cedidas pelo Exército para servir de apoio ao atendimento a pacientes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Valinhos começaram a ser utilizadas nesta segunda-feira (30), a partir das 13h.

Pacientes com desconforto respiratório e febre acima de 38 graus são atendidos no local. Os que tiverem outros sintomas continuam sendo atendidos normalmente na UPA.

A coordenadora de enfermagem da UPA, Luciana Pignatta Brito, explicou que uma enfermeira faz a triagem para indicar o local de atendimento.

Em seguida é feita a ficha do paciente e a classificação de risco. A consulta é realizada na tenda. Suspeitos de coronavírus irão para a área de isolamento.

No isolamento, os pacientes serão melhor avaliados, medicados e, caso necessário, transferidos para atendimento hospitalar de ambulância. Caso contrário, serão liberados para cumprir isolamento domiciliar com acompanhamento dos sintomas.

A Secretaria de Saúde orienta os moradores que procurem a UPA apenas em caso de urgência, para evitar riscos desnecessários. A Secretaria adquiriu equipamentos de proteção necessários para os profissionais atenderem na tenda pacientes com suspeita de contaminação pelo coronavírus.

O horário de atendimento nas tendas será das 7h às 21h a partir desta terça-feira (31), todos os dias, de segunda a segunda, podendo sofrer alterações conforme o aumento da procura.

Até esta segunda (3), Valinhos tinha três casos confirmados de coronavírus, de pacientes que se recuepraram, 106 aguardando resutados e 14 descartados. Três mortes estão sendo investigadas por suspeita de coronavírus.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade