publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Vencedora do MasterChef, Fernanda diz que sempre viveu em função dos outros: “Estar aqui é um ato de empoderamento”

Ela fez um prato indiano com peito de frango

Band Mais

02h16 - 30/09/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Todo mundo tem um sonho do qual não desiste até conquistar. Para a cozinheira amadora Fernanda, de 37 anos, vencer o 12º episódio do MasterChef 2020 nesta terça-feira, 29, foi exatamente isso.

Como se casou cedo e viveu a maternidade ainda muito jovem, ela passou a vida abrindo mão dos próprios planos pela vontade dos outros, mas encontrou na gastronomia um jeito de se reinventar.

“O MasterChef é um aliado nessa história de alguém que começou tarde, mas agora consegue ser vista e mostrar a que veio. Estar aqui é um ato empoderamento”, comemorou em entrevista ao Portal da Band, depois de levantar o troféu do talent show.

Quando dizem que nunca é tarde para recomeçar, Fernanda é a prova viva disso. Nascida em São Paulo, ela sonhava em fazer Educação Física na adolescência, mas decidiu cursar Direito por vontade do pai. Aos 20 anos, se apaixonou por um homem 14 anos mais velho, com quem se casou e teve dois filhos, Julia, de 15 anos, e Lucas, de 13.

“Muito nova virei mãe e não podia mais fazer só as minhas escolhas, né? Elas tinham que caber naquela caixinha de ser mãe e esposa. Sempre achei que tinha potencial para alcançar grandes coisas, mas me sentia limitada, não aceitava essa condição de não fazer nada. Não aceitava a condição de dona de casa”, conta ela, que até chegou a abrir uma imobiliária depois que os filhos nasceram, mas logo fechou as portas.

0 Comentário

publicidade
publicidade
Mais notícias