menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Vereador de Indaiatuba é condenado a 10 anos de prisão por estelionato

Vereador teria se apropriado de R$ 8 mil dos cofres públicos

Blog da Rose

12h18 - 01/11/2019

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Justiça condenou o vereador e ex-secretário de Habitação de Indaiatuba, Jorge Luiz Lepinsk (MDB), a 10 anos de prisão por estelionato. A denúncia foi feita pelo Ministério Público de São Paulo. Sonia Salla também foi condenada a 4 anos e quatro meses de reclusão pelo mesmo crime.

De acordo com a sentença, ambos terão e pagar multa e ficam proibidos de exercer cargo ou função pública. Ambos podem recorrer em liberdade.

De acordo com a denúncia, os réus teriam se apropriado indevidamente de R$ 8 mil dos cofres públicos. Eles teriam ainda induzido ao erro Daiane Paula Zanetti, então funcionária do Executivo municipal. Segundo o promotor Michel Romano, Lepinsk, que à época trabalhava na prefeitura, tinha conhecimento da existência de um cheque de R$ 8 mil elaborado como subvenção à escola de samba Bloco Pastoral da Juventude. Com o intuito de se apoderar do montante, o vereador solicitou que Sonia, representante da agremiação, retirasse o cheque, que posteriormente foi entregue ao Lepinsk.

Para dissimular a origem ilícita dos valores constantes no cheque, segundo o MP, os envolvidos decidiram trocá-lo em um estabelecimento comercial. O vereador voltou a entregar o cheque a Sonia, que dirigiu-se até um posto de gasolina para efetuar a troca. Dias depois, ela retornou ao posto e retirou a quantia de R$ 8 mil em espécie, entregando o dinheiro nas mãos de Lepinsk.

Outro lado

O vereador não retornou ao blog para comentar a condenação.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade