menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Vereador e músicos da orquestra querem dar à Concha Acústica o nome do maestro Benito Juarez

Maestro ajudou a popularizar a música erudita

Band Mais

15h38 - 19/08/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O vereador de Campinas, Gustavo Petta (PCdoB) protocolou um projeto de lei para alterar o nome da Concha Acústica do Taquaral para Benito Juarez, maestro que comandou a Orquestra Sinfônica de Campinas por 25 anos e morreu no dia 03 de agosto.

O pedido foi feito por membros da Associação de Músicos da Orquestra Sinfônica de Campinas. Para o presidente da entidade, Samuel Proença, a mudança de nome se justifica porque foi na Concha Acústica que o maestro ajudou a popularizar a orquestra na cidade e levou o nome da mais antiga orquestra do país para todo o Brasil

“O maestro Benito realizou um importante trabalho de reestruturação e popularização, elevando o nome da orquestra e da cidade a patamares nacionais e internacionais e fazendo com que nossa cidade fosse reconhecida não só pela pujança nas áreas econômica, tecnológica e acadêmica, mas também na cultural”, disse Proença.

O vereador, que já está em busca de apoio dos outros vereadores, disse que maestro merece uma homenagem como essa e destacou o valor de Benito Juarez para a música na cidade. “Benito colocou música popular em meio à erudita deixando os concertos da Orquestra mais populares e foi um símbolo da nossa cidade na luta pela democracia no histórico comício das Diretas Já, em 1984. Democrático no acesso à música e democrático nos rumos do país”, destacou Petta.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias