menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
noticias

Bragança Paulista: mototaxista é atingido com tiros na cabeça

Band Mais

16h10 - 26/06/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Ao vivo

Vídeos

Compartilhe

Charles Platiau/Reuters

Notícias

Pandemia ameaça estudantes estrangeiros nos Estados Unidos

Estudantes estrangeiros que estão nos Estados Unidos terão que deixar o país se as aulas não forem presenciais

Estudantes estrangeiros que estão nos Estados Unidos terão que deixar o país se as aulas não forem presenciais

, Band Mais

07h26 - 08/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Por causa da pandemia, muitas escolas e universidades estão se adaptando e já anunciaram que – para manter regras de distanciamento social nas salas – nem todas as aulas serão presenciais.

Mas uma determinação do governo de Donald Trump preocupa alunos e instituições de ensino: quem estiver com visto de estudante não poderá continuar no país se o programa for 100% online.

Mais de um milhão de estrangeiros estudam atualmente nos Estados Unidos. Cerca de dezesseis mil são brasileiros, entre eles Carlos Eduardo Barbosa, que mora há 3 anos em Seattle, onde estuda Engenharia aeronáutica.

“Vai ser tudo online, o que me coloca em uma situação complicada”, relata Eduardo, ao Jornal da Band. O estudante acredita ainda que a discussão é mais política do que de saúde.

“Eu acredito que o governo federal [dos EUA] está fazendo isso basicamente porque o governo estadual não quer reabrir a economia, então está forçando para tirar os estudantes internacionais”, opina. “Querendo ou não, na minha faculdade, mais de 70% [são estudantes internacionais]; então, se a gente sai, [as instituições de ensino] ficam com pouco dinheiro para se manter, e vão pressionar os Estados. É uma jogada política”.

O ano letivo aqui nos Estados Unidos começa entre agosto e setembro. Para se adaptar a nova regra, escolas e faculdades devem ter programas híbridos.

Só que no caso de cursos de inglês, a regra é mais rígida. As aulas deverão ser 100% presenciais para que o aluno não seja obrigado a deixar o país.