menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Vigilantes da Câmara de Campinas ameaçam parar hoje por falta de pagamento

Legislativo campineiro diz que empresa terceirizada é responsável pelo pagamento

Band Mais

13h52 - 10/02/2020

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Vigilantes da Câmara de Campinas prometem protestar na sessão desta segunda-feira (10/02) por falta de pagamento dos salários. Segundo eles, o salário deveria ter sido pago na última sexta-feira, mas o dinheiro não foi depositado na conta dos trabalhadores.

De acordo com a Câmara, o contrato, no valor de R$ 2,1 milhões, com a empresa começou no mês passado. De acordo com o contrato, a empresa tem de fornecer 40 vigilantes para prestarem serviços à Câmara.

O Legislativo campineiro diz que não há atraso no pagamento à empresa, já que, de acordo com o contrato, a Câmara tem 20 dias após a emissão da nota fiscal por parte da empresa para liberar a nota e fazer o pagamento. A empresa emitiu a nota no dia 4 e a Câmara recebeu no último dia 6. Isso significa que a Câmara tem até o dia 13 para liberar a nota e, a partir desta data, até 15 dias para pagar.

O valor deste primeiro pagamento é de R$ 140,9 mil.

A assessoria de imprensa da Câmara, informou que a Casa já cobrou um posicionamento da empresa sobre o pagamento aos vigilantes. Informo ainda que “Na sequência, poderão ser tomadas uma série de punições previstas em contrato, entre as quais a retenção do valor em aberto com os funcionários até que seja apresentado o comprovante de quitação com os vigilantes”.

Outro lado

O proprietário da NaviSeg, Ivan Rodrigues, disse que deve regularizar o pagamento ainda hoje. “Eu estava esperando o pagamento da Câmara para pagar os funcionários. Estou enfrentando uma inadimplência muito grande”, disse ele.

Rodrigues afirmou que é uma “leviandade” os trabalhadores ameaçarem com o protesto. “Deixa parar e vamos ver quais providências iremos tomar. Até porque não tem motivo para esse alvoroço”, ressaltou ele.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade