menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Wolf Maya, ex-diretor da Globo, pode perder mansão por engano em processo

Moradores de Búzios, o processam por uma casa na cidade, mas que não é a dele

Nativa FM

10h34 - 29/05/2020

Atualizado há 7 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O ex-diretor da Globo Wolf Maya está sendo processado por engano e pode vir a perder a sua mansão em Búzios, no Rio de Janeiro. Isso porque a AMA, Associação dos Moradores e Amigos, da praia da Ferradura estão o processando.

Eles alegam que o diretor tem uma casa no local e que estaria abandonada, representando um risco aos moradores. Mas a grande questão é: a residência mencionada no processo não pertence a Wolf Maya.

A ação, protocolada na 2ª Vara Cível de Armação de Búzios, deu entrada em julho do ano passado. Nessa época, Maya estava morando em Nova York. Procurado, o diretor se mostrou espantado.

Ele disse que está morando na sua mansão em Búzios há dois meses, desde que começou a quarentena e que lá é frequentado regularmente, tanto por ele como pela família. Inclusive, o último Reveillon dele foi na casa.

Maya consultou seu caseiro sobre alguma notificação que pudesse ter chegado, mas nenhum documento foi encaminhado à residência. Com isso, o diretor procurou seu advogado, que descobriu o erro na petição feita pela AMA.

A casa que gerou os protestos da Associação está na rua B, casa 4. A de Wolf Maya é a casa 4 também, mas da rua D. E para ajudar na confusão, além das letras parecidas, é que na frente da casa abandonada tem um bar, chamado Maya Mar Beach Point, mas que não tem nada a ver com o diretor.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias